Ir para conteúdo

Cardápio da semana: prevenção de câncer

oficina_culinaria_saudavel_-_Nickola_Che_shutterstock Adotar um estilo de vida saudável é fundamental para reduzir os        riscos de desenvolver câncer e um grande passo é estar atento ao que  colocamos na mesa. Focado em difundir o papel protetor de uma  alimentação equilibrada, o A.C.Camargo Cancer Center anuncia a  agenda de 2014 da Oficina de Culinária, programa idealizado pelo  serviço de Nutrição Oncológica da Instituição. Além da prevenção do  câncer, o diabetes e a anemia também estarão em pauta ao longo da  programação do ano.

 O pontapé inicial será dado no dia 28 de fevereiro, às 16 horas, com  oficina que trará o tema Alimentos Funcionais. Em aula gratuita, a  nutricionista oncológica Ana Carolina Cantelli vai interagir com o  público por meio do preparo de receitas com alimentos que, dentre suas funções, além de proteger o sistema de reparo do DNA contra tumores, eles possuem funções nutricionais importantes, gerando efeitos benéficos à saúde quando consumidos como parte da dieta habitual.

Entre os alimentos funcionais que auxiliam na prevenção do câncer estão os flavonóides (encontrados, por exemplo, nas frutas vermelhas e chá verde), licopeno (tomate, molho de tomate, goiaba e melancia), betacaroteno (cenoura e abóbora), luteína e zeaxantina (espinafre e couve), vitamina C (frutas cítricas como laranja, acerola e abacaxi), isoflavonas (soja e feijão), alicina (alho) e ômega 3 (sardinha, atum, salmão, chia e linhaça). “São alimentos ou ingredientes que proporcionam um benefício à saúde além dos nutrientes tradicionais que eles contêm”, destaca Ana Carolina Cantelli.

O cardápio das aulas do ano inclui, ainda no contexto da prevenção do câncer, dietas que auxiliam na prevenção de câncer de mama (soja, chá verde, fibras e alimentos ricos em ômega 3), próstata (alimentos ricos em licopeno), estômago e intestino (fibras, frutas, verduras e legumes). “Vale ressaltar que a alimentação equilibrada deve estar sempre associada com um estilo de vida saudável”, destaca Ana Carolina Cantelli.

ICESP – Outro serviço é oferecido pela Nutrição e Dietética do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), ligado a Secretaria de Estado da Saúde. São aulas práticas de culinária para ensinar pacientes e acompanhantes a preparar receitas que estimulem o paladar e reduzam os efeitos colaterais comuns da quimioterapia, como náuseas e dor para engolir.

As oficinas acontecem toda terça-feira e atendem cerca de 80 pessoas por mês. As receitas são testadas pela equipe antes das aulas e, além de gostosas e saudáveis, têm baixo custo.  A oficina do ICESP inclui a participação de uma psicóloga, para que os acompanhantes sejam auxiliados a compreender o comportamento do paciente nesta fase do tratamento e aprendam a melhor maneira de lidar com estes sintomas.

A quimioterapia impede a multiplicação de células malignas. O processo, entretanto, pode causar alterações no paladar como a redução ou ausência da sensibilidade aos sabores. Apesar de temporários, esses efeitos são um dos principais responsáveis pela diminuição do apetite e perda de peso dos pacientes.

Mais informações: www.icesp.org.br/pdf/materiais_informativos/Receitas.pdf

Categorias

Eventos

mouraleitenetto Ver tudo

Blog do jornalista Moura Leite Netto, botonista amador, osasquense, são-paulino, torcedor também do Napoli, Lakers e Patriots e mestre e doutorando em Oncologia.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: