Ir para conteúdo

Julho Verde: alerta ao diagnóstico tardio de câncer de cabeça e pescoço

Cerca de 70 a 80% dos casos de câncer de cavidade oral e laringe, na região de cabeça e pescoço, são diagnosticados quando a doença está em fase avançada, resultando em menor chance de controle da doença, pior qualidade de vida, maiores taxas de morbidade e mortalidade, maior risco de mutilação em razão da necessidade de cirurgias mais extensas, maior complexidade de outras modalidades de tratamento e maior demanda por reconstrução facial, assim como mais desafios na reabilitação do paciente.

Em alusão ao Julho Verde, mês de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, a Sociedade Brasileira de Patologia (SBP) realizou uma Live com Felipe D´Almeida Costa, médico patologista e diretor de Ensino da SBP, que esclareceu dúvidas sobre os diversos tipos de câncer da região da cabeça e pescoço. Felipe é titular do Departamento de Anatomia Patológica do A.C.Camargo Cancer Center e coordenador médico de educação da Patologia da Dasa. A mediação foi do editor do jornalismOncologia, Moura Leite Netto.

Confira a íntegra da Live, realizada em 27 de julho.

mouraleitenetto Ver tudo

Blog do jornalista Moura Leite Netto, botonista amador, osasquense, são-paulino, torcedor também do Napoli, Lakers e Patriots e mestre e doutorando em Oncologia.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: